The Walking Dead – Primeira Temporada

   

twd101 01 The Walking Dead   Primeira Temporada

Histórias de zumbis sempre exerceram um fascínio nas pessoas. Isso pode ser comprovado pelo sucesso dos filmes de George Romero (especializado no gênero), que popularizaram ainda mais o assunto. Entretanto, os zumbis sempre fizeram sucesso no cinema e nos quadrinhos, mas nunca chegaram a ser populares na televisão. Até que, em 2010, a rede americana AMC levou ao ar a série The Walking Dead, baseada nos quadrinhos de mesmo nome. Com uma trama sobre a sobrevivência de um grupo de pessoas num mundo apocalíptico, onde zumbis são uma ameaça constante à vida dos poucos sobreviventes, a série veio suprir a falta que Lost – e seus dramas sobre pessoas – havia deixado. E foi um sucesso.

A primeira temporada é curta, com apenas seis episódios, que servem para familiarizar os espectadores com o mundo de The Walking Dead. Seguindo a premissa dos quadrinhos criados por Robert Kirkman, é bom não se apegar a nenhum personagem: como em Lost, qualquer pessoa pode morrer, a qualquer momento.

Rick Grimes, um policial, depois de acordar de um período de coma no hospital, descobre que o mundo não é mais o mesmo. Sem entender o que se passa, luta pela sobrevivência na pequena cidade da Geórgia, até que decide procurar sua esposa e filho, com a esperança de que tenham sobrevivido à infestação, que não se sabe como ocorreu. A busca dura pouco, já que logo no segundo episódio da série, Guts, Rick se encontra com sua esposa, Lori, e filho, que faziam parte de um grupo de sobreviventes, comandados por Shane, antigo parceiro de Rick. Achando que o amigo havia morrido, Shane se envolve com Lori, o que forma um interessante triângulo na história.

twd102 3 3 The Walking Dead   Primeira Temporada

O episódio piloto, Days Gone Bye, é totalmente centrado em Rick acordando depois do coma e descobrindo que o mundo não é mais o mesmo. Aliás, a primeira cena exibida já deixa claro que a série não vai poupar o estômago dos expectadores: num posto de gasolina, Rick encontra uma garotinha, que acha estar perdida, já que anda arrastando um ursinho; logo em seguida vemos o rosto da menina e sabemos que é uma zumbi que Rick, sem hesitar, mata com um tiro na cabeça. The Walking Dead é assim, não deixa que você tenha pena de zumbis, já que eles não hesitarão em comer qualquer um dos personagens, obedecendo aos seus instintos assassinos.

Alguns personagens são mais interessantes e devo dizer que todo o altruísmo de Rick Grimes é um tanto quanto bizarro em se tratando da situação em que ele se encontra. Quem, em sã consciência, logo depois de encontrar a esposa e o filho, iria heroicamente voltar a um covil de zumbis apenas por deveres morais? Aliás, The Walking Dead é perfeita ao mexer no assunto moralidade. Aplicam-se as regras da sociedade numa era de terror, onde não existem mais governos e todos lutam para manter a própria sobrevivência? Seriam os humanos, em casos extremos, afastados das leis que regem a convivência, deixando afluir os instintos mais selvagens que possuem?

twd101 02 The Walking Dead   Primeira Temporada

Ainda no piloto, o melhor clifhanger de séries em 2010 (me lembrando dos bons tempos de Lost e da primeira e excepcional temporada de True Blood), que deixa qualquer um ansioso para saber o que vem pela frente: acuado dentro de um tanque de guerra, cercado por zumbis, que devoram seu cavalo, Rick ouve uma voz no rádio e a esperança, que já tinha ido embora, volta a lhe fazer companhia.

No quarto episódio da primeira temporada, Vatos, as cenas de um ataque zumbi ao acampamento, no final, são eletrizantes. Com qualquer um dos personagens podendo ser mortos ou infectados, a emoção e o medo tomam conta da tela, quando vemos o resultado da carnificina zumbi. Mesmo com a volta de Rick e companhia ao acampamento, as baixas são sentidas e modificam aquelas pessoas. O acampamento, outrora seguro, não é mais o local ideal para se manter.

TS-19, o sexto e último episódio da temporada, foi muito bem construído. Saindo do acampamento no final do quinto episódio, o grupo decide ir até o Centro de Controle de Doenças, numa última esperança. Como conseguem entrar no CDC e conhecem o Dr. Jenner, têm tempo de sentirem-se novamente humanos, com direito a banho, comida e bebida. Tudo seria perfeito se a energia não estivesse no fim e o Dr. Jenner não estivesse na iminência da loucura, achando que a descontaminação – e morte de todos dentro do CDC – fosse a única saída. Nervosismo, emoções, uma senhora explosão e o grupo, cada vez menor, sem saber para onde ir, a não ser seguir a estrada, enquanto existir combustível. E sobem os créditos e é o fim da primeira temporada da série.

twd explosao 570x309 The Walking Dead   Primeira Temporada

The Walking Dead exibiu uma primeira temporada excelente, considerada por muitos, a melhor estreia da fall season 2010. O sucesso foi tanto que a série foi renovada para uma segunda temporada, ganhando o dobro de episódios do primeiro ano: 12. Dessa forma, os roteiristas e produtores terão mais tempo para se aprofundar nos relacionamentos dos personagens e voltar a tramas interessantes, como o triângulo amoroso Rick-Shane-Lori, onde o marido não sabe que a esposa dormia com o melhor amigo enquanto achava que ele estava morto. Será que Merle, que amputou a própria mão para fugir do teto do edifício onde foi algemado, voltará a dar as caras na série? O que diabos foi o cochicho do Dr. Jenner para Rick, antes da fuga do CDC?

twd sussurro The Walking Dead   Primeira Temporada

Os fãs que a série ganhou, já podem começar a contagem regressiva: o segundo ano de The Walking Dead estreia em meados de outubro, nos EUA. E nós, se ainda não formos zumbis, nos veremos por aqui, para comentá-la ou gritar:

Braiiiinnnnnsssss!!!*

*Me deixem! Se eu fosse um zumbi, ia querer cérebros, tá!

   

Sobre Leandro Faria

Leandro Faria é um seriemaníaco de carteirinha.

Comentários

  1. Andrew Maxwel disse:

    O piloto foi incrível. E só. O resto foi uma sucessão de chatice, personagens rasos e dispensáveis e momentos desnecessários, culminando numa das piores season finales de séries-que-podiam-ser-boas-mas-não-são. Larguei, não quero mais. Assim como True Blood, não tô com tempo nem paciência pra me frustrar novamente.

Seu Comentário

*