Girls – 02×02 – I Get Ideas

   

tumblr mgydjmxUkR1qbwndao1 500 Girls   02x02   I Get Ideas

Após sua genial premiere, Girls apresenta um episódio sobre consequências. Ou foi assim que encarei os rumos que os personagens tomaram aqui. Apesar de que precisamos lembrar que as meninas não sabem muito bem o que essa palavra (consequência), significa.

Marnie sempre reclamou de Charlie e do modo como o toque dele em seu corpo a lembrava de um tio velho. Hannah sempre quis ter algo com Adam. Procurava, mas ele não dava bola, até dizer o que ela tanto queria ouvir: “Você quer que eu seja seu namorado?”. Shoshana e a virgindade. Na verdade, Shosh, se compararmos as outras meninas, é a menos experiente e a que mais chama atenção por isso. Quem não torcia para que ela perdesse a virgindade e descobrisse o mundo?! Jessa e seu casamento surpresa… E todas suas atitudes impensadas.

tumblr inline mgzyw7c4BE1ru3q5h Girls   02x02   I Get Ideas

Será mesmo que Elijah precisava contar ao namorado do quase sexo com Marnie? Bem, praticamente ele confessou um sexo que não aconteceu. Sexo, pra mim, só é consumado quando alguém goza no final. O que os dois tiveram no sofá foi o início de uma relação que terminou com uma broxada, ou seja, nada aconteceu. Mas o melhor foi perceber que Elijah prefere confessar ao namorado sobre uma possível traição do que revelar para a ex-namorada e atual roommate sobre o que rolou.

São esses pequenos detalhes que me fazem acreditar que Girls é realmente tão genial quanto venho defendendo nos últimos tempos.

tumblr mgyk0fOrRH1qcoyt0o3 500 Girls   02x02   I Get Ideas

Entendo quem não gosta de Marnie, nem mesmo eu era fã da moça até a metade da primeira temporada, mas isso mudou quando percebi que Charlie não era tão fofo e que ser fofo não significa ser um total “sufocador”. Mas se for pensar sobre a trajetória das personagens, a única que tinha a vida nos trilhos (trabalho e namorado), não tem mais nada. É um recomeço, mas que nem ela sabe por onde começar. Ela é linda, mas o temperamento não ajuda muito. É séria demais, não imagino Marnie se divertindo, você consegue? Agora existe um novo trabalho, mas vários pontos de interrogação que sucedem esse caminho… Torço muito que no final dessa temporada ela esteja completamente diferente ou se tornando alguém diferente, alguém que se arrisca e se joga nas possibilidades.

Jessa… Na primeira temporada ela era a personagem mais livre, que se permitia e tinha uma vida diferente por dia. Só que repentinamente decidiu casar e… Desde o último episódio, toda cena em que aparece feliz, sinto que na verdade ela está drogada e tentando se vender como alguém completa e que está realmente gostando dessa nova vida que vem levando. Talvez ela esteja. Talvez o que Jessa quisesse o tempo todo era se sentir segura e amada. Pode ser que a liberdade que ela tanto procurava tenha aparecido nesse bizarro casamento…

Um dos pontos altos desse segundo episódio foi a conversa com Hannah. Senti as duas honestas: Uma preocupada e a outra tentando mostrar que toda a preocupação só leva a mais aborrecimentos. Pensar e tentar formatar as coisas como em um caixa de certo e errado, não dá certo para Hannah. Pensar é o que faz ela ser tão tensa.

tumblr mgyli9R1Dy1qaywulo1 500 Girls   02x02   I Get Ideas

Shosh, a adorável Shoshana. Acredito que todo mundo se apegou a ingenuidade da moça e minha torcida é para que ela se torne alguém livre, alguém que experimente as coisas e não fique presa ao medo. Agora ela está em relacionamento com Ray (alguém pensava que isso poderia acontecer nos primeiros episódios da primeira temporada?), ou no início de algo. E gosto do que vejo. Mesmo de uma maneira errada e até bizarra, Ray pode ser o cara certo para ela. A conversa sobre o porco foi algo que só os dois personagens poderiam compartilhar.

tumblr mgypu5GMtG1qzs7sro1 r2 500 Girls   02x02   I Get Ideas

Hannah. A insegurança dela não é com o corpo. A cena final do episódio anterior, It’s All about time, foi tão linda e libertadora. Adorei vê-la entrar no apartamento de Sandy e perceber que queria sexo e não carinho. Hannah não é mais aquela do episódio piloto que ia até o apartamento de um menino que não ligava pra ela e quase implorava para ser amada. Hannah é só mais uma garota querendo viver suas fantasias.

Às vezes acredito que a personagem procure viver certas crises. É como se ela e a gente estivesse condicionado a ter certas crises porque crescemos assistindo isso ao nosso redor: seja no cinema, novela ou até entre nossos pais, viver uma crise parece parte de um relacionamento. Afinal, quantas pessoas vocês já conheceram que queriam se envolver com alguém (não porque amava), mas porque isso era o que estavam condicionadas a fazer?! Algumas vezes a necessidade de se ter DR’s ou brigar com alguém vem na frente de tentar levar as coisas aos poucos, com um dia após o outro, é assim que encaro Hannah em alguns momentos.

tumblr mgyikqFFBv1rv2wxho1 250 Girls   02x02   I Get Ideas
Tenho que admitir que sinto pena de ver Adam passando por tudo isso. Ok! Ele foi um belo babaca no primeiro ano, mas ele se entregou. Adam estava pronto para se mudar e viver com a namorada, mas ela não. E assim percebemos que ela é o tipo de personagem que precisava conquistar aquele cara que não dava a minima pra ela, mas não porque o amava, mas porque era o desafio. Ao empurrar Adam contra a porta, senti por ele, senti por ele ir atrás, estar tentando entender o que está acontecendo e não tendo a minima ideia do que se passa na cabeça de sua ex.

O que mais gosto em Girls são os finais inesperados. Não poderia imaginar que Adam acabaria preso. Não sei se o jogo irá virar novamente e ele fugirá de Hannah, que desesperadamente tentará se desculpar e reconquistar o ex-namorado. Seja qual for os próximos passos, Hannah, Marnie, Jessa e Shoshana não são mais as mesmas e nem nós. Mudamos muito do primeiro ano pra cá. Ficamos mais exigentes com Lena Dunham, que só dirigiu esse episódio e não escreveu. A responsável por inúmeros momentos marcantes  foi Jenni Konner, a mesma que escreveu o episódio sete da primeira temporada. Sim, aquele que se passa na festa e mil coisas aconteceram, incluindo o início de namoro entre Adam e Hannah. Agora é esperar o próximo episódio.

   

Sobre Silvestre Mendes

Silvestre é viciado em todos os tipos de série. Gosta de drama, humor, suspense, ficção científica e das boas séries teens. Ele divide seu tempo assistindo séries, filmes e escrevendo roteiros. Sonha em morar em Los Angeles e virar roteirista de seriado. Como todo carioca, é gente boa e adora jogar conversa fora. Você também podê seguí-lo no Twitter: @SilvestreMendes

Comentários

  1. Caroline® disse:

    Hannah é drama queen até a alma. Adora chamar a atenção, adora discutir. Pra quê cair na pilha da Jessa e implicar com o tal namorado perfeito dela? Pra quê inventar de encher o saco do cara sobre política, se ele mesmo nunca falou disso? Ela gosta de ser chata. Shosh é uma linda, ri alto da conversa de dar banho em porco entre os dois lesados. Não acho que o Adam foi babaca. Ele foi claro com ela, e disse que o lance era só diversão, que tinha que parar quando ela começou a se apegar. Ela é que foi mimada, largando o brinquedo que tanto queria logo depois de ganhar. Mas ele agora é um freak, eu também teria medo dele, kkkkkk!

    • Eu só discordo de uma coisa que vc disse, Caroline. Hannah só começou a ficar revoltada com o namorado pq ele falou mal do texto dela. Pessoalmente prefiro que me chamem do que for, mas que não falem que escrevo mal, então entendi o orgulho ferido ali. De resto, acho bem que ela acredita que o mundo gira ao seu redor, mas de um jeito não exatamente egoísta por inteiro.

  2. Carol disse:

    Gente,
    Eu quase parei de ver girls no 3º episódio e uma das coisas que me fez continuar assistindo a série foi aquela cena da Hanna batendo na porta do Adam com aquela sobrancelha horrível fazendo aquele discurso todo sobre “quero ficar do lado de alguém que queira ficar do meu lado”…
    Adorei o desenrolar do relacionamento deles e a maneira “fofa mas freak” dos dois e a descoberta, para os dois, de como é bom alguém se importar.
    Fiquei quase P… com a Hanna pela forma que ela reagiu ao fato de ser amada…
    Para mim isso só demonstra a insegurança dela.
    Não é insegurança com o corpo, nada disso, é insegurança com a vida, tipo, ” e agora, o que eu faço???”
    Inclusive eu acho que é essa insegurança que deixa ela tão egocêntrica e egoísta.
    Por causa dessa insegurança que ela surtou com o Sandy.
    Enfim, agora eu torço para o Adam não ligar para ela de novo, arrumar outra, só para ver como ela vai reagir. Acho que vai surtar!!!

Seu Comentário

*