A 1ª temporada de Criminal Minds: mistérios e referências

   

2329988650 8e2d4b80e7 m A 1ª temporada de Criminal Minds: mistérios e referênciasQuem acompanha o blog regularmente sabe que eu gosto de séries policiais, mas somente as assisto eventualmente. Dentro do meu projeto "assista tudo que está parado no seu HD e ganhe mais espaço", a escolhida para ser zerada desta vez foi a primeira temporada de Criminal Minds, e eu só tenho uma coisa a dizer: onde diabos eu estava com a minha cabeça oca que não assisti essa verdadeira MARAVILHA antes? Já tinha visto alguns episódios e (assim como todas as outras séries das quais falarei nas próximas semanas) não me empolguei suficientemente para ver todos os episódios. E estou tendo uma boa surpresa atrás da outra. 

A série da CBS acompanha o dia-a-dia de uma equipe de análise comportamental do FBI. Ou seja, se você é um homem jovem, organizado, inteligente, tem um emprego meia-boca e sofreu abusos na infância, são grandes as chances de ser capturado como um serial killer. Os agentes responsáveis pelas investigações são Jason Gideon (interpretado até o final da segunda temporada pelo meu pai imaginário Mandy Patinkin, mais uma vez interpretando um líder seguro e paternal, como o Rube de Dead Like Me), o sério e profissional Hotch, Derek Morgan (que assim como o seu intérprete Shemar Moore, é um pegador), a competente Elle Greenaway, o jovem Dr. Spencer Reid, a delicada JJ e a divertida Penelope Garcia, que manda super bem no computador. Assim como em One Tree Hill – quem diria – a série sempre começa e termina com alguma citação literária que tenha a ver com o caso da semana. Apesar de ser uma série de procedimento, a cada episódio se reinventa. Não há repetição, não existem casos parecidos.

Nesta primeira temporada, por exemplo, tivemos o episódio "Riding the lightning", que é simplesmente um dos melhores que eu já vi na minha vida. Perfeito do início ao fim, leva a equipe até o corredor da morte para descobrir se um casal de serial killers deixou mais vítimas para trás e acabam tentando provar a inocência da mulher. Eu imploro aos caros leitores: não precisam assistir à série, mas por favor vejam esse episódio. Foi aí que eu entendi porque a série andava dando um laço na audiência em séries muito mais consagradas, como Lost, por exemplo. Outra constante na série são as referências, seja a casos antigos e famosos como o Zodíaco e Charles Manson, ou até a outras séries: em um episódio os agentes têm que descobrir um traidor na CIA, e não tem como não lembrar da CTU de Jack Bauer, seja pelo cenário ou pela conspiração. Em outro, o assassino serial é um justiceiro que mata apenas criminosos que por algum motivo não foram condenados. Lembrou de Dexter? Eu também, mas essa primeira temporada de Criminal Minds foi ao ar um ano antes.

A vida pessoal dos agentes não é exaustivamente explorada, mas sempre temos alguns indícios de que o staff da Unidade também tem problemas. Problemas principalmente por excesso de trabalho: não importa onde o psicopata age, eles pegam o avião e vão tentar resolver o mistério. Assim, só na primeira temporada, além de atravessarem os EUA (sempre com uma eficiente cenografia para marcar as mudanças de região), eles também aparecem no México e no Caribe. Os casos geralmente se resolvem em um único episódio, com exceção do piloto e da season finale, tão eletrizante que fui obrigada a providenciar o início da segunda temporada imediatamente. Bom, fica a dica de uma excelente série policial. Acho que a melhor que eu já vi.

[ratings]   

   

Sobre Gisele Ramos

Comentários

  1. Gi, você é igual a min então. Eu tinha visto alguns episódios de Criminal Minds, e apesar de muita gente elogiar, não conseguia me prender a ela. Mas o AXN fez uma Maratona num Sábado em que coincidentemente eu não tinha nada pra fazer e eu me apaixonei, não larguei mais. E te digo, a série só melhora.

  2. blognatv disse:

    Pois é, Thais, tô até com medo de ver a segunda temporada e não conseguir ver mais nada! Mas logo começo!

    Beijo

  3. Wesley disse:

    Sem dúvida, um dos melhores seriados que já tive a oportunidade de ver. Comecei vendo sem compromisso, logo no ínicio da primeira temporada. Li um resumo e achei interessante, então peguei. Viciei na hora. Sempre fui fascinado por serial killers e Criminal Minds é centrado exatamente nisso. Os diálogos e os roteiros são tão perfeitos que até espantam. Você começa a ver um episódio e acha que vai ser igual aquele outro, que você já viu, mas não. Cada episódio tem seu próprio charme.
    Essa sim é uma série de ponta que merece todos os elogios que recebe.

  4. Bruna disse:

    Eu vi o episódio "Riding the lightning" (1X14) e ele não é sobre um casal de assassinos e sim sobre um assassino que volta a matar suas vítimas depois de 20 anos parado.
    Se pudesse colocar o nome certo do episódio agradeceria, fiquei curiosa pra ver.

    Obrigada

  5. blognatv disse:

    Oi Bruna

    Tá certo sim. Os nomes dos episódios estão trocados na Is Life, mas o do casal serial killer é o "Riding the Lightning". Eu confirmei antes de escrever o post. Olha aí:
    http://www.tv.com/criminal-minds/riding-the-light

    Abraço!

  6. DAVID VENANCIO disse:

    olha.. confesso que de series policiais sempre tive um certo preconceito, mas uma amiga me emprestou os episódios, e afirmo!! fiquei totalmente surpreendido com esta série.. muito inteligente, eficaz nas informaçoes, objetivo e o lance das frases de escritores famosos nos episodios aquilo me chamou muito a atençao. enfim galera agora visto a camisa criminal mind's… e passei a ler mais escritores épicos por causa do seriado.. abraços a todos!!

  7. oi….eu assisto com regularidade a série…mas kero baixar as musicas dos episodios…todas são boas…pelo menos ate agora..rs
    sabe(m) onde as encontro??

  8. Quésia disse:

    Concordo plenamente… começei a assistir a série faz pouco tempo, mas estou amandoooooooo, devoro um episódio atrás do outro, é simplesmente fantástico o con´teúdo que ela nos apresenta, cada personagem tem um valor singular. Este episódio citado me prendeu a atenção totalmente, o humanismo impresso naquela mulher me emocionou, infelizmente não existem tantas pessoas assim capazes de doar sua própria em prol de um amor maior. ESPETACULAR… estão de parabéns. Conseguirão conquistar um grande fã.
    Criminal Minds, o melhor !!!

  9. Marina disse:

    Cara…achei finalmente alguém que também acha o episódio “Riding the Lightning” simplesmente o melhor! Fiquei tão..sei lá, envolvida com esse episódio. Falo o mesmo que voce disse pra todo mundo: Se não quer assistir a série toda, assista pelo menos esse! Bom, julgando pela data do post e pela data que estou comentando uma hora dessas com certeza você já deve ter assistido muito além da 1ª temporada! E realmente, é DEMAIS não é! A melhor série, na minha opinião!

  10. Ronaldo disse:

    Bom… Vou só reafirmar como todo mundo já fez acima que a série é espetacular!
    Eu como aluno de Psicologia fico completamente fascinado!
    Fui até pesquisar e vi que o BAU realmente existe no FBI nos EUA, mas que ainda não temos nada sequer perto disso aqui no Brasil… :(
    Ok, ok… Eu sei que o seriado dramatiza e que na vida real não é daquele jeito, mas… Putz! Já imaginou ser um SSA da Behavioral Analisys Unit!?
    Ah! Eu também concordo: "Riding the lightning” é excepcional!
    Quando assisti fui desesperado atrás de uma amiga que conhece a série para que ela visse também… Fiquei impressionado por dias… Simplesmente fantástico…

  11. alguem conhece a música que inicia no primeiro episodio da 1.ª temporada?
    gostaria de saber de quem é.

    obg!!

  12. Lizzie disse:

    Há 1 site que tem resumos dos episódios e tudo, e às vezes tb tem as musicas dos episódios.

    GRANDE SÉRIE, é pena que nem sequer seja muito falada( em portugal, na tv aberta, só dá à 1h da manhã…)

  13. Lizzie disse:

    Há 1 site que tem resumos dos episódios e tudo, e às vezes tb tem as musicas dos episódios:
    http://www.tv.com/criminal-minds/show/33484/episo

    GRANDE SÉRIE, é pena que nem sequer seja muito falada( em portugal, na tv aberta, só dá à 1h da manhã…)

Seu Comentário

*